Arquivo mensal: março 2014

“O Renascimento do Parto” abre curso de formação de doulas em Belém

Campeão de bilheteria é exibido gratuitamente em diversas sessões em Belém

O documentário mais visto em 2013 no Brasil, O Renascimento do Parto, será exibido nesta terça-feira (25/03), no Cine Líbero Luxardo (CENTUR), às 19h, com entrada gratuita. O filme abre a programação do Curso de Formação de Doulas do GAMA – Grupo de Maternidade Ativa. Após a exibição, haverá debate com as doulas ministrantes do curso: Mariana de Mesquita (MG), Rebeca Charchar (MG) e Thayssa Rocha (PA). Mais exibições do filme estão programadas para abril.

De 26 a 29 de março, Belém recebe o curso de formação de doulas do Grupo de Maternidade Ativa – GAMA (SP). Doula é uma acompanhante de parto apta a dar conforto físico, emocional e afetivo a gestantes e parturientes em qualquer estágio do trabalho de parto. O principal objetivo deste tipo de apoio é ajudar a mulher a ter a melhor experiência possível durante o nascimento do filho.

O curso terá uma formação teórico-prática, com aulas expositivas e demonstrações. O conteúdo reforça a importância do parto natural, o problema das cesarianas desnecessárias e as questões relativas à excessiva medicalização do parto e do nascimento. Acredita-se e reforça-se durante o curso que o parto normal, com o menor número de intervenções possível é a melhor opção para quase todas as mulheres. Todas as informações passadas são baseadas nas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e na Medicina Baseada em Evidências, movimento médico internacional que se baseia na aplicação do método científico a toda a prática médica, especialmente àquelas tradicionalmente estabelecidas que ainda não foram submetidas ao exame científico minucioso e sistemático.

Tendo também essa visão do nascimento – baseada em evidências científicas rigorosas e nas recomendações de entidades como a OMS- que a roteirista Erica de Paula e o diretor Eduardo Chauvet, decidiram rodar O Renascimento do Parto. Sem qualquer financiamento, a dupla conseguiu produzir, finalizar e distribuir para 50 cidades brasileiras, de Norte a Sul, o filme que foi a 2° maior bilheteria nos cinemas de todo o Brasil em 2013.  “Tudo o que tínhamos, literalmente, era só uma ideia na cabeça e 2 Canons na mão. Conseguimos produzir e finalizar o longa-metragem sem nenhum único centavo no bolso. O que nos movia era o amor pela causa, pela obra e a certeza de que tinha tudo pra dar certo”, conta Eduardo Chauvet.

O filme retrata a grave realidade obstétrica mundial e sobretudo brasileira, que se caracteriza por um número alarmante de cesarianas ou de partos com intervenções traumáticas e desnecessárias, em contraponto com o que é sabido e recomendado hoje pela ciência. Tal situação apresenta sérias consequências perinatais, psicológicas, sociais, antropológicas e financeiras. Através dos relatos de alguns dos maiores especialistas na área e das mais recentes descobertas científicas, questiona-se o modelo obstétrico atual, promove-se uma reflexão acerca do novo paradigma do século XXI e sobre o futuro de uma civilização nascida sem os chamados “hormônios do amor”, liberados apenas em condições específicas de trabalho de parto.

Em Belém, o longa será exibido, gratuitamente, no dia 25 de março, no Líbero Luxardo, às 19h, como parte da programação do curso de doulas do GAMA. Em abril, a temporada de exibições, sempre gratuitas, será aberta no dia 01°, às 19h30, no Instituto de Ciência da Saúde (ICS) da Universidade Federal do Pará, com debate após a sessão. No dia 04, também às 19h30, os alunos de enfermagem do CESUPA poderão conferir o documentário e debater após a exibição. No dia 17, às 08:30, o filme será exibido para os alunos do curso de enfermagem da ESAMAZ. E de 23 a 27 de abril, às 19h, a película retorna ao Líbero Luxardo, aberta ao grande público.

A realização do curso é do GAMA – Grupo de Apoio à Maternidade Ativa (SP). Patrocínio da Academia Companhia Athletica, Ishtar, Hileia, Restaurante Govinda, Humaniza Belém e GUTUNES Fotografia. As exibições são uma realização do Humaniza Belém.

Leia o resto deste post

Anúncios

Parto com amor: Belém recebe curso de formação de doulas pela primeira vez

  • Ciência comprova que ter uma doula diminui a necessidade de medicalização e intervenções durante o nascimento

 Doula é uma acompanhante de parto apta a dar conforto físico, emocional e afetivo a gestantes e parturientes em todos os estágios do trabalho de parto. O principal objetivo deste tipo de apoio é ajudar a mulher a ter a melhor experiência possível durante o nascimento do filho. Belém recebe pela primeira vez o curso de formação de doulas do GAMA – Grupo de Apoio a Maternidade Ativa, de São Paulo, voltado para qualquer pessoa que se interesse pela ideia de dar este suporte, sendo profissional ou não da área de saúde. O curso acontece de 26 a 29 de março, na academia Companhia Athlética, em Belém. Leia o resto deste post